Não categorizado

Cumprimentos ao Ano do Macaco de Fogo por DJKR

Feb 6th, 2016

julie-monkey-sm

Queridos amigos,

Rinpoche compôs uma mensagem para a comunidade global da Khyentse Foundation e do Siddhartha’s Intent na noite no Ano Novo Lunar, o ano do macaco de fogo. Somos agradecidos por termos um guia tão compassivo e sábio nos guiando à liberação. Que tudo possa ser auspicioso.

Com os melhores votos de ano novo,

Das equipes da Khyentse Foundation e Siddhartha’s Intent.

Lembremos: Uma Mensagem do Rinpoche

Meus cumprimentos a todos que estão celebrando o ano novo do macaco, 

Confiemos no Buda, no Dharma e na Sangha, e confiemos na lei de causas, condições e efeitos. Se confiarmos no Buda, Dharma e Sangha, nós continuaremos a ser budistas mesmo que joguemos mahjong, comamos carne ou fumemos em roda.

Sejamos gentis e atenciosos. Gostamos que as outras pessoas sejam gentis conosco? Bem, as outras pessoas também gostam que sejamos gentis.

Sejamos generosos, não apenas com dinheiro e diamantes, mas com nosso tempo e espaço e informações.

E sempre lembremos das palavras do Buda sobre os empreendimentos do samsara nunca terminarem e serem invariavelmente infrutíferos. Então não nos estressemos achando que tudo precisa ser completado. Não sabemos o que vai acontecer na próxima hora. Então vamos aproveitar o máximo esta hora, este momento. Se estivermos tomando uma xícara de chá neste exato momento, bebamos como se fosse a última desta vida.

Queremos ser ricos? Aprendamos a estarmos satisfeitos.

Queremos ser elegantes e bonitos? Sejamos educados, confiantes, e gentis, ao invés de pensarmos que Versace ou Dolce & Gabana o farão por nós.

Queremos que as outras pessoas nos escutem? Então tentemos não usar palavras ríspidas, e sempre comecemos nossas conversas com um sorriso.

Queremos que nossa próxima geração seja feliz e tenha sucesso? Então ensinemo-lhes um significado diferente para ambição, riqueza e objetivos:

  • Não mimemos nossas crianças, porque se o fizermos, elas crescerão alienadas e deprimidas.
  • Não as forcemos a crescer tão rápido.
  • Não façamos com que nossas crianças pensem que ganhar uma competição é tão importante.
  • Vamos tentar comer em casa pelo menos uma vez por semana.
  • E não façamos compras descontroladas e não enchamos nossa casa de coisas que nunca usamos por anos e então jogamos fora.

Mas acima de tudo, nós pais, façamos o que ensinarmos. Nós não podemos ensinar nossas crianças a serem educadas, gentis e adoráveis somente com palavras. Nós mesmos temos que ser assim. Mesmo coisas aparentemente corriqueiras importam, como não falar alto em público ou no telefone, ou não furar filas. Assim como não queremos que os outros façam estas coisas, os outros também não querem que as façamos.

E aprendamos a fazer coisas não-planejadas, espontâneas, pelo menos por uma hora ou duas uma vez por semana, porque mesmo planejar férias acaba por se transformar em uma tarefa estressante ao invés de férias reais.

O mais importante, lembremos de não apenas ler estas coisas, mas de fazê-las a partir do Dia Um do Ano do Macaco.

E toda vez que nos encontrarmos fazendo uma ou mais destas coisas, então que nos premiemos com uma soneca curta, ouvindo um pouco de música, lendo uma ou duas páginas de um bom livro, e dizendo a nós mesmos que, com este passo, eu me transforme em um servente destemido de todos os seres sencientes.

— Dzongsar Jamyang Khyentse

 

Retrato de Macaco por Julie Adler

Comments on “Cumprimentos ao Ano do Macaco de Fogo por DJKR”

  1. Carmem Reverbel says:

    Lindo ensinamento,Rinpoche.
    Que este ano sejamos acompanhados pelo Guru Rinpoche,trazendo a todos os seres,paz e amor.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *.